Pular para o conteúdo principal

Resenha: Cinder

Título: Cinder - Lunar Chronicles 1
Autor: Marissa Meyer
Ano:2012
Páginas: 387
Editora: Rocco

Humanos e Andróides abarrotam as barulhentas ruas da Nova Beijing. Uma praga mortal devasta a população. E do espaço, os impiedosos Lunares observam, esperando a chance de atacar. Ninguém sabe que o destino da terra depende de uma garota...
Cinder uma talentosa mecânica, é um cyborg. Considerada uma cidadã de segunda classe, com um misterioso passado, mal tratada por sua madrasta e culpada pela doença de sua irmã de criação. Mas quando a vida dela acaba por ficar interligada com a do belo príncipe Kai, ela repentinamente se encontra no centro de uma luta intergaláctica, e uma atração proibida. Presa entre seu dever e liberdade, lealdade e traição, ela deve desvendar segredos sobre seu passado para poder proteger o futuro da terra.

    Como já deu para perceber de cara Cinder é um conto de fadas reformulado, mas o que a gente não pode acha é que por isso vai ser um livro previsível e chato, pelo contrario Cinder é um livro ótimo que me surpreendeu do inicio ao fim. Mas também, como não gostar da mistura que a Marissa Meyer fez.
CINDERELA + DISTOPIA + CYBORGUES + ALIENIGENAS  = MEGAHISTORIA

   A historia de Linh Cinder ser passa num futuro onde a terra foi devastada pelas guerras e pragas que assolam a população dizimando milhares. Cinder é uma cyborg que foi adotada por um cientista que morreu logo em depois de a adotar vitima da praga letumose, sendo deixa sob os cuidados de uma madrasta que a despreza.

‘’O marido de Adri tinha contraído a doença em uma viagem à Europa — a mesma viagem durante a qual ele concordara em se tornar o guardião de uma ciborgue órfã de onze anos. Uma das poucas lembranças que Cinder tinha do homem era o momento em que ele fora levado para a quarentena, enquanto Adri reclamava que ele não poderia deixá-la com aquela coisa. ’’

    E isso é uma das coisas que se pode comparar com a historia da Cinderela, mas você se engana se acha que Cinder é igual à Cinderela, Cinder tem sua própria trama e surpresas e eu  não senti como se estivesse lendo um conto conhecido, mas sim uma história totalmente original.

‘’Ela o mataria. Tomaria a Comunidade. Declararia guerra contra… todo o planeta.
Ela agarrou a cabeça enquanto o mundo girava a seu redor.
Precisava avisá-lo. Não podia permitir que ele fizesse a declaração.’’

    Cinder é um romance, mas não é meloso. Ela não é daquelas mocinhas que ficam se fingindo de coitadinha, o que ela quer ela corre atrás. E tem o príncipe Kai que eu amei (é claro). O romance entre os protagonistas fica claro desde o início, mas se desenvolve lentamente e de uma maneira natural sem preção ou correria, o que é ótimo.
     Cinder é um livro inusitado e cheio de ação, admito que teve horas que eu fiquei com vergonha por ela (ela é muito corajosa, se fosse eu não iria), o único defeito foi que por ser um releitura tinha algumas parte um pouco previsíveis (digo algumas e não todas) .
Então para você que ainda não leu Cinder fica uma pergunta:

O que você está esperando?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

My Unexpected Forever (Beaumont #2) - Heidi McLaughlin

Eu esperava uma vida de música.
Eu esperava contar com o meu filho.
Ela lançou um olhar fazendo tudo mudar.
Eu nunca esperei felicidade.
Eu nunca esperei encontrá-la.
Eu nunca esperei sentir desejo.
Eu nunca esperei que eu seria um homem de família.
Eu nunca esperei ser amado.
Eu nunca esperei me apaixonar.

Eles dizem que devemos esperar o inesperado, eu não sabia que meu inesperado seria sempre gentil.

Deception (Defiance #2)- C.J. Redwine

O segundo volume da saga Defiance, de C.J. Redwine. A previsão de lançamento é para final de agosto.
    Baalboden foi devastada. Ninguém sabe onde está o brutal Comandante. E Rachel, em luto por seu pai, precisa de Logan mais do que nunca. Com seu grupo de sobreviventes maltrapilhos que lutam para construir um futuro, cabe a Logan tornar-se o líder que eles precisam — com Rachel à seu lado. Sob a ameaça constante de Carrington, o grupo decide abandonar as ruínas de suas antigas casas e tentar a sorte em Wasteland.

    Mas logo os problemas se multiplicam em dez: alguém — possivelmente dentro de suas fileiras — está sabotando os sobreviventes, pegando-os um a um. O caos e a incerteza de cada dia coloca uma pressão insuportável em Rachel e Logan, e não demora muito para seu amor se estilhaçar.     Pior, quando fica claro que o Comandante não vai parar enquanto não destruí-los, os sobreviventes começam a questionar se o preço da liberdade não é muito caro — e se, caçados por seus in…

Until the end (Sea Breeze #9) - Abbi Glines

A história que os fãs têm clamado como Rock e Trisha se apaixonaram no nono e ultimo livro da série Sea Breeze do New York Times autor best-seller Abbi Glines. E não perca o epílogo escaldante, onde Abbi embrulha todas as histórias dos casais Sea Breeze!
   Trisha Corbin sempre soube esconder um hematoma. Com os namorados de sua Momma incapazes de manter suas mãos longe dela, ela não tinha escolha. E enquanto isso significava que os caras não chegariam perto seu irmão mais novo, Krit, valeu a pena. Mas seus dias sonhando que o Príncipe Encantado viria resgatá-la estão muito, muito no passado.

    Rock Taylor sempre teve um plano. Através do futebol, ele iria subir na vida em que ele nasceu. Um passeio completo para jogar por um grande time da faculdade estava ao seu alcance, assumindo que ele não permitisse que nada estivesse no seu caminho. Mas marcar um encontro com a garota mais quente em Sea Breeze foi comprovando ser mais difícil do que o esperado. Trisha Corbin estava anda…