Pular para o conteúdo principal

Momento:

O momento: Oh! baby,baby! vai ser o momento romântico do blog, onde eu vou colocar algumas das parte que eu achei mais românticas em alguns dos livro que eu li.
   Aquelas partes de tirar o folego, que é sempre bom relembrar.

  O trecho de hoje vai seu do livro Fallen de Laure Kate, como eu ia deixar de fora um dos casais mais apaixonados dos livros, o amor deles atravessou os seculos e fascinou a todos nós.

– Você pode me mostrar. – Ela sussurrou.
  Ele sacudiu a cabeça. Mas os lábios dele ainda estavam tão perto dos dela.
  E a expressão nos olhos dele era tão fascinante. Era quase como se ele quisesse que ela mostrasse para ele primeiro.
   O corpo dela tremia de nervos enquanto ela ficava nas pontas dos pés e se inclinava em direção a ele.

Ela colocou a mão dela na bochecha dele e ele piscou, mas ele não se moveu. Ela se moveu lentamente, tão lentamente, como se ela estivesse com medo de assustar ele, cada segundo sentindo se petrificar. E então, quando eles estavam perto o bastante que os olhos dela estavam quase vesgos, ela fechou eles e pressionou os lábios dela contra os dele.
   O mais leve, como uma pena, toque dos lábios deles era tudo o que conectava eles, mas um fogo que Luce jamais havia sentido antes passou por ela, e ela soube que ela precisava mais que tudo de Daniel. Seria pedir demais que ele precisasse dela da mesma maneira, segurar ela nos braços dele como ele havia feito tantas vezes nos sonhos dela, retribuir o beijo esperançoso dela com um mais poderoso.
Mas ele fez.
   Os músculos dos braços dele circularam a cintura dela. Ele puxou ela até ele, e ela podia sentir a linha definida dos seus corpos conectando, pernas se enrolando em pernas, quadris pressionados em quadris, peitos arfando em sincronia um com o outro.Daniel a colocou com as costas contra o parapeito da passarela, prendendo ela mais perto dele até que ela não conseguia de mover, até ele ter ela exatamente onde ela queria estar.
   Tudo isso sem nenhuma vez quebrar a apaixonada ligação de seus lábios.
   E então ele começou a realmente beijá-la, carinhosamente a principio, fazendo sutis, adoráveis sons de selinhos no ouvido dela. E então longo e doce e ternamente ao longo da mandíbula dela e abaixando até o pescoço dela, fazendo ela gemer e jogar sua cabeça para trás. Ele puxou firmemente no cabelo dela e ela abriu os olhos para vislumbrar, por um segundo, as primeiras estrelas aparecerem no céu da noite. Ela se sentiu mais perto do céu do que ela jamais sentiu antes.
   Finalmente, Daniel voltou aos lábios dela, beijando ela com tanta intensidade, sugando os lábios inferiores dela, então esticando sua língua macia só até um pouco depois dos dentes dela. Ela abriu a boca dela mais, desesperada para deixar mais dele entrar, finalmente sem medo de mostrar o quanto ela ansiava por ele.  
   Para empatar a força dos beijos dele com a dela.
   Ela tinha areia na boca dela e entre seus dedos do pé, o vento salgado levantou arrepios em sua pele, e o mais doce, sentimento de fascinação derramava do seu coração.
   Ela poderia, naquele momento, ter morrido por ele.
   Ele se afastou e olhou para ela, como se ele quisesse que ela dissesse algo.
   Ela sorriu para ele e beijou ele delicadamente nos lábios, deixando os lábios dela perdurar nos dele. Ela não conhecia nenhuma palavra, não tinha maneira melhor de comunicar o que ela estava sentindo, o que ela queria.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

My Unexpected Forever (Beaumont #2) - Heidi McLaughlin

Eu esperava uma vida de música.
Eu esperava contar com o meu filho.
Ela lançou um olhar fazendo tudo mudar.
Eu nunca esperei felicidade.
Eu nunca esperei encontrá-la.
Eu nunca esperei sentir desejo.
Eu nunca esperei que eu seria um homem de família.
Eu nunca esperei ser amado.
Eu nunca esperei me apaixonar.

Eles dizem que devemos esperar o inesperado, eu não sabia que meu inesperado seria sempre gentil.

Deception (Defiance #2)- C.J. Redwine

O segundo volume da saga Defiance, de C.J. Redwine. A previsão de lançamento é para final de agosto.
    Baalboden foi devastada. Ninguém sabe onde está o brutal Comandante. E Rachel, em luto por seu pai, precisa de Logan mais do que nunca. Com seu grupo de sobreviventes maltrapilhos que lutam para construir um futuro, cabe a Logan tornar-se o líder que eles precisam — com Rachel à seu lado. Sob a ameaça constante de Carrington, o grupo decide abandonar as ruínas de suas antigas casas e tentar a sorte em Wasteland.

    Mas logo os problemas se multiplicam em dez: alguém — possivelmente dentro de suas fileiras — está sabotando os sobreviventes, pegando-os um a um. O caos e a incerteza de cada dia coloca uma pressão insuportável em Rachel e Logan, e não demora muito para seu amor se estilhaçar.     Pior, quando fica claro que o Comandante não vai parar enquanto não destruí-los, os sobreviventes começam a questionar se o preço da liberdade não é muito caro — e se, caçados por seus in…

Until the end (Sea Breeze #9) - Abbi Glines

A história que os fãs têm clamado como Rock e Trisha se apaixonaram no nono e ultimo livro da série Sea Breeze do New York Times autor best-seller Abbi Glines. E não perca o epílogo escaldante, onde Abbi embrulha todas as histórias dos casais Sea Breeze!
   Trisha Corbin sempre soube esconder um hematoma. Com os namorados de sua Momma incapazes de manter suas mãos longe dela, ela não tinha escolha. E enquanto isso significava que os caras não chegariam perto seu irmão mais novo, Krit, valeu a pena. Mas seus dias sonhando que o Príncipe Encantado viria resgatá-la estão muito, muito no passado.

    Rock Taylor sempre teve um plano. Através do futebol, ele iria subir na vida em que ele nasceu. Um passeio completo para jogar por um grande time da faculdade estava ao seu alcance, assumindo que ele não permitisse que nada estivesse no seu caminho. Mas marcar um encontro com a garota mais quente em Sea Breeze foi comprovando ser mais difícil do que o esperado. Trisha Corbin estava anda…